Vício Oculto nas Obras

Como sabemos, após realizar o sonho da casa própria, muitas pessoas que compram um imóvel novo, na planta ou oriundo de empreitada, acabam tendo surpresas desagradáveis com o imóvel.

 

Neste caso, tanto a construtora/ incorporadora, quanto a seguradora (se houver) respondem pelos defeitos na construção do imóvel, ou pela má utilização dos materiais empregados.

 

Caso você possua condições de contratar um engenheiro e realizar um laudo ou ainda tirar fotos e vídeos e lavrar uma Ata Notarial, será uma excelente opção no que tange é possuir provas, antes de ingressar com ação para discutir as perdas e danos.

 

Também, em nome da boa fé, vale a tentativa de conciliar extrajudicialmente. Para isso, contrate um advogado especializado no assunto e procurem formalmente a outra parte, seja por meio de uma reunião ou por uma notificação extrajudicial.

 

Se houver perigo à vida de quem mora no imóvel, é possível conseguir a chamada “liminar”, tecnicamente conhecida como tutela (uma decisão proferida pelo Juiz no primeiro momento que ele tem contato com o processo), na qual poderá o Juiz determinar que o construtor ou seguradora efetue os reparos na edificação ou custeie o aluguel da pessoa em outro imóvel, enquanto durar o processo.

 

Importante destacar que, em se tratando de vícios nas áreas comuns de um condomínio, quem possui legitimidade para reclamar em Juízo é o Síndico, representante legal do condomínio.

 

Quanto ao prazo prescricional, Nos termos do art. 618 do Código Civil , nos contratos de empreitada de edifícios ou outras construções consideráveis, o empreiteiro de materiais e execução responderá, durante o prazo irredutível de cinco anos, pela solidez e segurança do trabalho, assim em razão dos materiais, como do solo.

 

Gostou desse artigo? Se você quiser, compartilha comigo nos comentários o que você achou sobre essas dicas acerca dos vícios na construção.

 

GARCIA ADVOCACIA E CONSULTORIA

Direito Imobiliário | Direito do Consumidor | Processo Civil.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.