PROIBIÇÃO DE DESPEJOS ATÉ O FINAL DE 2021

 

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (18), por 263 votos a 181, o projeto que proíbe o despejo ou desocupação de imóveis até o fim de 2021, suspendendo os atos praticados desde 20 de março de 2020, exceto aqueles já concluídos. A proposta será enviada ao Senado.

No caso de ocupações, a regra vale para aq  uelas ocorridas antes de 31 de março de 2021 e não alcança as ações de desocupação já concluídas na data da publicação da futura lei.

Imóvel regular

Quanto aos imóveis urbanos alugados, o projeto também proíbe a concessão de liminar de desocupação até 31 de dezembro de 2021.

Isso valerá para as situações de inquilinos com atraso de aluguel, fim do prazo de desocupação pactuado, demissão do locatário em contrato vinculado ao emprego ou permanência de sublocatário no imóvel.

Entretanto, o benefício dependerá de o locatário demonstrar a mudança de sua situação econômico-financeira em razão de medidas de enfrentamento à pandemia a tal ponto que tenha resultado na incapacidade de pagamento do aluguel e demais encargos sem prejuízo da subsistência familiar.

A proibição será aplicada somente a contratos cujo valor mensal de aluguel seja de até R$ 600 para imóveis residenciais e de até R$ 1,2 mil para imóveis não residenciais.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Continue nos seguindo nas redes sociais para ficar por dentro de seus direitos e das novidades do judiciário.

 

Garcia Advocacia e Consultoria

Escritório digital com atuação em SP e RJ.

Especializado em direito Imobiliário, Contratos, Processo Civil e Direito do Consumidor.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.